Ultimas Postagens

4 de outubro de 2013

Moradores de Icó protestam contra números de acidentes

Preocupados com o elevado número de acidentes e mortes, a população clama por mudança na via


 Moradores de Icó estão mobilizados e protestam contra o elevado número de acidentes que vêm ocorrendo na CE-282, no trecho entre a Ponte Piquet Carneiro, sobre o Rio Salgado, e o distrito de Lima Campos. A população local solicita do governo estadual o imediato alargamento da via, que tem elevado fluxo veículos, mas falta acostamento.


Recentemente, cerca de 500 moradores realizaram protesto deixando a vida interditada por uma hora. Para simbolizar as mortes na estrada, foram depositadas sobre o asfalto dezenas de cruzes de madeira, pintadas de branco. A população está recolhendo assinaturas para encaminhar ao Departamento Estadual de Rodovias (DER).

O ato público foi realizado pela sociedade civil, pois não há nenhuma entidade à frente do movimento. O objetivo foi chamar atenção das autoridades estaduais para a necessidade de ampliação da rodovia. A manifestação teve como tema central "Pela vida em Icó - na CE 282".

Representantes de associações comunitárias, igrejas, sindicatos, entidades de classe e instituições públicas e privadas participaram do protesto, além de moradores de agrovilas próximas à estrada, no Perímetro Irrigado Icó - Lima Campos.
Morte

Os manifestantes conduziram cruzes de madeira, cartazes e faixas. Inicialmente, o grupo concentrou-se nas proximidades da Rodoviária e seguiu em caminhada até a Ponte Piquet Carneiro, sobre o Rio Salgado. Depois, avançaram cerca de 300 metros e bloquearam a rodovia.

De acordo com a organização do protesto, de janeiro a setembro deste ano, foram registrados 421 acidentes no trecho de cerca de seis quilômetros entre a Ponte Piquet Carneiro e a localidade Gama, no Perímetro Irrigado Icó - Lima Campos. Desse total, foram registrados quatro óbitos.

A morte mais recente, ocorrida há cerca de um mês, foi de uma criança de sete anos, Laura Cid, que seguia na garupa de uma moto Biz, pilotada pela mãe, e foi atingida por um caminhão. A vítima caiu sobre o asfalto e o pneu do veículo passou sobre o abdômen da vítima.

Emoção

A mãe da criança, Cecília Soares, participou do protesto. Estava emocionada. Muitas pessoas usavam camisetas com a foto da menina estampada e com mensagens de dor e saudades.

"Esse trecho transformou-se na estrada da morte", disse a contabilista, Eliane Soares dos Santos, uma das organizadoras da manifestação. "O governo precisa atender as nossas reivindicações com urgência ou vai esperar mais mortes ocorrerem?", indaga. Uma das faixas questionava: "Governador, quantas perdas humanas serão necessárias para duplicar a rodovia CE 282 entre Icó e Lima Campos?".

No próximo dia 11 está marcada nova manifestação na Rodovia CE 282 entre Icó e Lima Campos. Os organizadores garantem colocar mais gente e interditar a via por duas horas.

"Nós não vamos parar enquanto não recebermos uma resposta do governador", destaca Diana Araújo, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icó.

Grande fluxo

O motorista de caminhão, Adauto Lima, que foi obrigado a parar por uma hora na rodovia, defendeu o protesto. "Infelizmente só funciona se for assim, pois é preciso ter manifestação para o governo atender o clamor da população", disse. Ele observa que realmente a via é estreita, sem acostamento e tem um elevado fluxo de veículos.

Muitas famílias moram em agrovilas instaladas no entorno da rodovia em áreas do Perímetro Irrigado Icó - Lima Campos. O tráfego diário desses moradores é intenso para a cidade. "Esse trecho ficou perigoso e falta sinalização adequada para que os motoristas trafeguem devagar", explica a dona de casa, Amanda Anunciato. "Sequer existe acostamento, imagine ciclovia. Isso é um absurdo", completa.

Sinalização

O advogado Fabrício Moreira defendeu a instalação de placas advertindo os motoristas para o tráfego em velocidade reduzida até que a estrada seja alargada. "É o mínimo que o governo poderia fazer", frisa.

O gerente do 9º Distrito Operacional do DER, Francisco de Assis de Oliveira Peixoto, enfatiza que há um projeto elaborado e que será executado no início do próximo ano para o alargamento da rodovia CE 282 entre as cidades de Iguatu e de Icó.

"O projeto já está aprovado e com financiamento assegurado. A rodovia será alargada de seis metros para oito metros e será feito o acostamento", garante.

Peixoto solicitou um pouco mais de paciência aos moradores. "A obra será feita, mas o processo de licitação é demorado e esperamos a compreensão da população", completa. Os moradores aguardam solução.

Mais informações
9º Distrito Operacional do DER
Escritório em Iguatu
Telefone: (88) 3581. 9459
Detran
Telefone: (85) 3101. 5823


HONÓRIO BARBOSAREPÓRTER
DIÁRIO DO NORDESTE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A página do Blog Icó na rede está aberta as postagens anônimas. Mas claro, se houver qualquer tipo de palavras de baixo calão, ou que denigram a imagem, o comentário será retirado.

Polícia

ARTE E CULTURA

Ceará

Brasil

Traduzido Por: Rafael Lira - Icó na Rede - (88) 99231-2963