Ultimas Postagens

14 de maio de 2017

Por dedicação aos filhos, mãe se muda de Icó para Fortaleza em busca de tratamento médico

Valcirene Gina Lima foi embora de Icó, com os três filhos que têm doença rara incurável, para Fortaleza em busca de tratamento.

FONTE: G1/CE-TV

Valcirene Gina Lima, com os filhos Claudiana, Claudiano e Carlos Henrique, portadores de mucopolissacaridose (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)


Das múltiplas virtudes de ser mãe, a dedicação aos filhos é característica marcante. Exemplo disso é a dona de casa Valcirene Gina de Lima, que não mediu esforços para prover aos filhos o tratamento adequado para a doença rara com a qual nasceram.

Carlos Henrique, de 8 anos, Claudiano, de 11 e Claudiana, de 14, têm mucopolissacaridose tipo 6, condição genética que impede o crescimento dos ossos, enquanto os orgãos continuam em desenvolvimento. A enfermidade não tem cura, porém existem tratamentos que podem melhorar a qualidade de vida. Foi em busca dessa alternativa de oferecer melhores condições aos filhos que Valcirene resolveu sair de Icó, no centro-sul cearense e estabelecer moradia em Fortaleza.

Mãe solteira, Valcirene vive com os filhos em um condomínio no Bairro Granja Portugal, sustentada pela aposentadoria das crianças. Há nove anos ela conseguiu o diagnóstico da doença. Foi a partir daí que começaram as viagens para realizar o tratamento. "Às vezes eu vinha para Fortaleza e passava o mês inteiro na casa de apoio com eles. Mas tinha algumas sessões de fisioterapia que eles acabavam ficando sem fazer, porque morávamos lá", conta.







Esforço

Semanalmente as crianças comparecem ao Hospital Infantil Albert Sabin, onde recebem medicação por via intravenosa por até quatro horas. A mãe protetora garante que nunca faltou a nenhuma sessão do tratamento, mesmo quando morava no interior. "Eles vão ter que fazer pelo resto da vida. E não pode faltar, porque a gente já sente que eles começam a ter problemas respiratórios, falta de ar, se não tomam o medicamento", diz Valcirene.

Mesmo com os desafios, Valcirene não se deixa enfraquecer para que os filhos possam levar a vida da melhor maneira que ela consegue oferecer. A festa de 15 anos da filha Claudiana, por exemplo, já está sendo preparada.

"É uma rotina um pouco puxada, mas está dando para levar. Deus dá muita força para mim e para eles. Não imagino a minha vida sem eles, os três representam tudo para mim", emociona-se.


Todo o esforço expressa-se no amor das crianças pela mãe. O caçula, Carlos Henrique, não envergonha-se ao dizer o que sente por Valcirene. "Minha mãe é muito legal. Ela cuida de mim como se eu fosse um nenenzinho. No dia das mães vou desejar muita saúde e muita felicidade. É a melhor mãe do mundo", declara o menino.

FONTE: G1/CE-TV

Confira um vídeo: 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

A página do Blog Icó na rede está aberta as postagens anônimas. Mas claro, se houver qualquer tipo de palavras de baixo calão, ou que denigram a imagem, o comentário será retirado.

Polícia

ARTE E CULTURA

Ceará

Brasil

Traduzido Por: Rafael Lira - Icó na Rede - (88) 99231-2963